Cinco razões pelas quais a América Latina oferece um mercado promissor para as empresas farmacêuticas

Em um blog recente, discutimos o crescimento que o mercado farmacêutico da América Latina experimentou nos últimos anos e dissemos que a trajetória parece promissora para o futuro. Os leitores responderam perguntando por que achamos que o mercado é tão promissor, então aqui está um resumo dos cinco principais motivos pelos quais acreditamos que o mercado continuará a ter um crescimento robusto.

Vamos começar com os dados. De acordo com dados da IQVIA, o mercado farmacêutico na América Latina atingiu aproximadamente US$ 79 bilhões em 2020, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 7,4% nos últimos cinco anos.

Crescimento farmacêutico na América Latina

Esse crescimento continuou e acreditamos que continuará pelo menos nos próximos cinco anos. Aqui estão cinco razões para isso:

1 População em crescimento e envelhecimento demográfico

A América Latina tem uma população de mais de 650 milhões de pessoas, o que a torna uma das regiões mais populosas do mundo. A população está envelhecendo, com uma proporção significativa prevista para ter mais de 60 anos até 2050. Essa mudança cria uma demanda maior por serviços de saúde e produtos farmacêuticos, especialmente aqueles relacionados a doenças crônicas e condições relacionadas à idade, como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares.

2 Aumento das despesas com saúde

Como as economias da América Latina continuam a crescer, o mesmo acontece com os gastos com saúde. Os governos da região estão investindo mais em infraestrutura de saúde, cobertura de seguro e programas de saúde pública. O aumento da renda e a expansão da população de classe média também permitem que mais pessoas tenham acesso a produtos farmacêuticos e serviços de saúde. Esse aumento nos gastos contribui para o crescimento do mercado farmacêutico na região.

3 Reformas regulatórias e acesso ao mercado

Vários países da América Latina têm implementado reformas regulatórias para agilizar os processos de aprovação de produtos farmacêuticos e melhorar o acesso ao mercado. Por exemplo, as recentes mudanças regulatórias no Brasil tiveram como objetivo reduzir a burocracia e acelerar a aprovação de novos medicamentos, promovendo a inovação e a concorrência no mercado. Da mesma forma, iniciativas como o Tribunal Unificado de Patentes (UPC) no México aumentam a proteção da propriedade intelectual e incentivam o investimento em pesquisa e desenvolvimento.

4 Expansão dos mercados de genéricos e biossimilares

A demanda por opções de saúde acessíveis na América Latina levou à expansão dos mercados de genéricos e biossimilares. Os medicamentos genéricos, que oferecem alternativas econômicas aos medicamentos de marca, estão ganhando popularidade entre os consumidores e os prestadores de serviços de saúde. Além disso, a introdução de biossimilares impulsiona a concorrência e reduz os preços das terapias biológicas, ampliando ainda mais o acesso a tratamentos essenciais para doenças como câncer e doenças autoimunes.

5 Adoção da saúde digital e da telemedicina

A pandemia de COVID-19 acelerou a adoção de soluções digitais de saúde e telemedicina em toda a América Latina. Os governos e os prestadores de serviços de saúde recorreram às plataformas de telessaúde para garantir a continuidade do atendimento e, ao mesmo tempo, minimizar o contato físico. Essa mudança para a saúde digital melhora o acesso aos serviços de saúde em áreas remotas e abre oportunidades para que as empresas farmacêuticas se envolvam com os pacientes, coletem dados do mundo real e forneçam soluções de saúde personalizadas.

Aproveitando as vantagens de um mercado em crescimento

O crescimento do mercado farmacêutico latino-americano não apenas apresenta oportunidades de crescimento e investimento, mas também promete ganhos financeiros significativos. O cenário está pronto para a inovação e a expansão. Conforme observado acima, com uma população grande e cada vez mais rica, ambientes regulatórios favoráveis, infraestrutura de saúde em expansão e a adoção de soluções digitais de saúde, mais pessoas têm acesso à saúde e a necessidade de medicamentos aumenta.

No contexto desse crescimento, as empresas farmacêuticas podem se posicionar para o sucesso no mercado latino-americano dinâmico e em rápida evolução. Uma área importante de investimento que tem um potencial significativo é o desenvolvimento de software adaptado ao setor farmacêutico.

Os investimentos em soluções de software, como sistemas de gerenciamento de documentos, ferramentas de rastreamento regulatório e sistemas de gerenciamento de qualidade, podem permitir que as empresas farmacêuticas otimizem suas operações, aprimorem o atendimento ao paciente e conquistem uma fatia cada vez maior do mercado à medida que o mercado total cresce.

Por exemplo, as soluções de software que simplificam os processos de conformidade regulamentar podem ajudar as empresas farmacêuticas a lançar novos medicamentos no mercado mais rapidamente, capitalizando a crescente demanda da região por tratamentos inovadores. Da mesma forma, os sistemas de gerenciamento de qualidade que garantem a conformidade regulamentar em todo o processo de fabricação podem acelerar a produção e criar vantagens competitivas em um mercado em crescimento.

Os investimentos em software ajudarão a determinar quais empresas prosperam em um mercado em crescimento e quais lutam para acompanhar o ritmo. Embora o mercado farmacêutico latino-americano ofereça grandes oportunidades de crescimento, o sucesso exigirá investimentos estratégicos em software e tecnologia. As empresas que adotam a tecnologia e a inovação são as que mais se beneficiam do cenário de expansão do setor de saúde na região. Se você estiver interessado em saber como os produtos de operações farmacêuticas da Scigeniq podem ajudá-lo, entre em contato para uma ligação.